Siemens inaugura Centro de Cibersegurança para a indústria em Portugal

quarta-feira, 13 de julho de 2016

  • Multinacional tem três localizações destas a nível mundial – EUA, Alemanha e, agora, Portugal

  • Centro de Cibersegurança é uma das respostas da Siemens ao desafio da Indústria 4.0

  • Empresa tem já 23 Centros de Competência que exportam brainware para 200 países

  • Ministro da Economia inaugura centro de Cibersegurança

A Siemens, uma multinacional presente em 200 países, selecionou Portugal para a nstalação de um dos seus Centros Operacionais de Cibersegurança Industrial. Com a bertura deste novo Centro de Competências a Siemens passa agora a ter 23 destas uidades instaladas no País, que atuam nas áreas da Energia, infraestruturas, Serviços Partilhados e Tecnologias de Informação. Com cerca de 1.000 colaboradores, estes centros exportam brainware e serviços de elevado valor acrescentado para 200 países.

O "Industrial Cyber Security Operation Center" tem a função de proteger as instalações industriais existindo apenas em três locais - Lisboa, Munique (Alemanha), e Ohio (EUA). Os especialistas de segurança industrial da Siemens, destacados nestes centros, monitorizam instalações industriais em todo o mundo quanto a ameaças cibernéticas, alertam as empresas em caso de incidentes de segurança e coordenam contramedidas proactivas.

Carlos de Melo Ribeiro, CEO da Siemens Portugal, explica que “se Portugal quer investir na modernização da indústria, transformando-a numa indústria 4.0, temos que garantir que esta está protegida. Este Centro vem dar resposta a esta necessidade”.

Portugal foi selecionado como o destino para a instalação deste Centro por ter uma vasta oferta de especialistas com competências ímpares na área das Tecnologias de Informação; por disponibilizar uma pool de jovens talentos com uma educação e uma formação de elevada qualidade, o que abre boas perspetivas para o futuro, bem como pelo ambiente empreendedor e dinâmico que caracteriza a Siemens em Portugal.

O centro de Cibersegurança Industrial é inaugurado hoje pelas 17 horas em Alfragide (Sede da Siemens Portugal) pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral. A cerimónia contou ainda com a presença do secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos.

Rumo à “Empresa Digital” e à Indústria 4.0

A Siemens faz parte do Comité Estratégico da Iniciativa Indústria 4.0, lançada recentemente pelo Governo, e que visa coordenar as atividades que ajudarão a posicionar Portugal na vanguarda do que de mais moderno se faz em termos de digitalização industrial. Estas atividades estão a ser levadas a cabo por quatro grupos de trabalho, dedicados aos importantes sectores agroindustrial, automóvel e moldes, da moda e retalho, e do turismo, nos quais a empresa também tem colaboradores integrados.

O Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, explica que “para Portugal poder liderar esta revolução global de digitalização da Indústria, é tão importante desenvolvermos standards comuns e soluções de interoperabilidade, como assegurar a proteção de dados, a transparência e a privacidade da informação. As preocupações com a Cibersegurança têm de fazer parte da estratégia nacional para Indústria 4.0 desde a primeira hora, e queremos deixar isso bem claro ao realizar hoje, neste Centro de Cibersegurança para indústria, a segunda reunião do Comité Estratégico da Indústria 4.0”.

Tal como no resto do mundo, também em Portugal a Siemens está empenhada em apoiar os seus clientes para que estes possam ser líderes desta revolução no País, e impulsionar a “Empresa digital” – a empresa do futuro. Hoje é dado um importante passo nesse sentido, com a abertura deste Centro de Cibersegurança para a indústria em Portugal.


Rita Silva 

 ritas.silva@siemens.com