Tools

Siemens PortugalSiemens Portugal

Site ExplorerSite Explorer
Close site explorer

Siemens lança teste inovador de Vitamina D com resultados em 18 minutos

Teste avalia deficiência, suficiência e toxicidade de vitamina D

quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012

  • Insuficiência de vitamina D afecta mil milhões de pessoas em todo o mundo

  • Deficiência de vitamina D está associada ao raquitismo nas crianças e à osteomalácia nos adultos

  • Insuficiência prolongada de vitamina D leva ao aparecimento de osteoporose

  • Cancro da mama, doenças cardiovasculares, diabetes e doenças auto-imunes podem estar associadas a níveis deficientes desta vitamina

A Siemens acaba de disponibilizar no mercado nacional um teste completo e automatizado de vitamina D que vai permitir aos laboratórios entregar resultados precisos e consistentes em apenas 18 minutos relativamente à deficiência, suficiência e toxicidade desta vitamina. A rapidez e eficiência deste teste de Vitamina D da Siemens Healthcare Diagnostics, que recebeu a marcação CE para utilização no sistema de imunoensaio da empresa, equipamento já instalado em vários laboratórios nacionais, permite também dar resposta à necessidade cada vez maior de testes deste género.

A deficiência de vitamina D está associada ao raquitismo nas crianças e à osteomalácia nos adultos, enquanto uma insuficiência prolongada de vitamina D leva ao aparecimento de osteoporose. Mais recentemente, alguns estudos estão a associar a deficiência de vitamina D á mortalidade, sobrevivência e aparecimento de outras doenças, tais como o cancro do colo-rectal ou da mama, doenças cardiovasculares como a hipertensão ou enfarte do miocárdio, diabetes, com diminuição da produção de insulina, e doenças auto-imunes, como a esclerose múltipla e a artrite reumatóide1.

Ao mesmo tempo, a nível mundial, actualmente já existem mais de mil milhões de pessoas com deficiências de vitamina D. Uma alimentação pobre em vitamina D e uma cada vez menor exposição ao sol, devido à utilização de protector solar para evitar o cancro da pele, mas também ao número de horas passadas em espaços interiores, em casa e no escritório, são algumas das razões que explicam este número.

O crescimento dos níveis de deficiência tem sido acompanhado pelo aumento da procura de testes de vitamina D. No entanto, existem vários estudos que identificam discrepâncias entre os testes utilizados para medir esta
substância. Esta variação leva a que se questione a capacidade destes testes de identificar com precisão os indivíduos afectados por deficiência de vitamina D2.

“À medida que o volume de testes aumenta, os laboratórios precisam de saber que podem satisfazer esta procura com um teste de vitamina D fiável e preciso” disse Ivan Christo França, director da Siemens Healthcare Diagnostics em Portugal. “Este teste da Siemens permite aos laboratórios obter resultados precisos e consistentes em cerca de 18 minutos, com benefícios claros para os pacientes”, acrescentou o responsável.

O teste que a Siemens passa agora a disponibilizar em Portugal é completo e automatizado, correlacionável para LC-MS/MS (cromatografia líquida com espectrometria de massa), considerado o standard mais elevado em testes de vitamina D. Adicionalmente, este teste mede o nível total de 25-hidroxivitamina D [25(OH)D] (~100% D2 e D3 - as duas principais formas de vitamina D), tanto no soro como no plasma, para assegurar que os pacientes são correctamente avaliados em termos de deficiência, suficiência e toxicidade.

Para mais informações sobre o teste de vitamina D da Siemens visite www.siemens.com/VitaminDtotal.

1. Dietary Supplemental Fact Sheet: Vitamin D Office of Dietary Supplements. National Institutes of Health, actualizado em 11/13/2009


2.http://www.nist.gov/mml/analytical/organic/vitamindinserum.cfm

Sobre a Siemens S.A.

www.siemens.pt

O sector Healthcare da Siemens é um dos maiores fornecedores do mundo no ramo dos cuidados de saúde e um empreendedor na imagiologia médica, diagnósticos laboratoriais, tecnologia de informação médica e próteses auditivas. A Siemens oferece aos seus clientes produtos e soluções que abrangem todo o espectro dos cuidados ao paciente – desde a prevenção e detecção precoce, passando pelo diagnóstico e tratamento até aos cuidados pós-tratamento. Optimizando os fluxos de trabalho clínicos para a maioria das doenças comuns, a Siemens também melhora e torna mais rápida e eficiente a prestação de cuidados. A empresa emprega mais de 51.000 pessoas a nível mundial e opera em todo o mundo. No ano comercial de 2011 (até 30 de Setembro), o sector alcançou receitas de €12.5 mil milhões e lucros de cerca de €1.3 mil milhões. Para mais informações visite www.siemens.com/healthcare.


Rita Silva 

 ritas.silva@siemens.com