"Engineering Made in Portugal"

Contexto

Nos últimos anos verificou-se uma redução dos alunos que optaram por prosseguir as vertentes científicas e tecnológicas no ensino secundário. Esta realidade traduz-se numa acentuada falta de profissionais qualificados nestas áreas, sendo a engenharia uma das áreas mais afetadas, com repercussões nas empresas e na economia do Norte da Europa. Por este motivo, é fundamental reunir esforços no sentido de captar mais alunos para este campo de formação.

A Siemens pretende colaborar com o país a colmatar a falta de engenheiros no mundo e acredita que o investimento na engenharia portuguesa é crucial na preparação do país, tornando-se por isso imperativo investir na profissionalização dos recursos em sectores chave para o desenvolvimento. Esta preocupação com a qualificação dos profissionais para áreas com elevados índices de empregabilidade em Portugal e no resto da Europa pretende ser também uma alavanca para o processo de reindustrialização a implementar no país.

“Engineering made in Portugal”

O projeto “Engineering made in Portugal” inclui a disponibilização gratuita às escolas de softwares e de hardware de automação, assim como a formação dos docentes relativa à utilização dos programas e equipamentos.

O Ministério da Educação e Ciência assegurará a divulgação do Projeto junto do ensino secundário, técnico-profissional e superior através das iniciativas de comunicação que se revelarem adequadas. O Ministério da Educação e Ciência colaborará ainda com os parceiros, facultando toda a informação pertinente e disponibilizando os contactos necessários à implementação e desenvolvimento das iniciativas incluídas no Projeto.

Desde muito cedo, os casos de estudo e as histórias das empresas, foram um veículo privilegiado de demonstrar que a sustentabilidade é um bom negócio para todos. O BCSD (Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável) tem vindo a praticar e a aperfeiçoar as ferramentas com as quais ajuda a contar as histórias dos seus membros, nos seus vários eventos, nas diversas plataformas e momentos de comunicação.

Neste âmbito o BCSD divulgou este mês os 20 casos de sucesso dos seus membros, reconhecendo a iniciativa “Engineering the Future” da Siemens como referência nacional na área da educação.

Saiba mais sobre esta iniciativa Siemens. http://www.bcsdportugal.org/wp-content/uploads/2013/10/2014-CS-Siemens-EngineeringFuture.pdf

SIMATIC Learning Kit

A Siemens Portugal assegura a entrega dos equipamentos, nomeadamente do SIMATIC Learning Kit nas escolas que lecionam cursos relacionados (Automação Industrial e Robótica), bem como a formação dos docentes quanto à utilização dos mesmos.

Este projecto inclui ainda a realização do “Engineering Competition”, uma competição anual para a qual serão convidadas as Universidades/Escolas envolvidas no protocolo. Cada entidade escolherá um aluno para a representar na Competição, que terá de resolver de exercícios de automação através do SIMATIC Learning Kit. Os dois vencedores ganharão estágios profissionais na empresa, incluindo um período de formação na Alemanha.

Siemens Solid edge

A Siemens PLM via CADFLOW assegura a disponibilização do software Solid Edge, o respectivo suporte técnico e formação dos docentes relativamente à sua utilização.

O Solid Edge é um sistema de desenho mecânico com ferramentas excepcionais para o desenvolvimento de protótipos digitais em 3D. A utilização do Solid Edge Synchronous Technology irá ajudar os estudantes a projectarem mais rápido, a serem criativos, a produzirem projetos inovadores e a executarem simulações.



Ana Baixinho 

 sustentabilidade.pt@siemens.com