Tools

Siemens PortugalSiemens Portugal

Site ExplorerSite Explorer
Close site explorer

Contrato de 500 Milhões de Euros para comboios de alta velocidade

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

A DB (Deutshe Bahn), operadora ferroviária alemã, encomendou à Siemens 15 comboios de Alta Velocidade Velaro® para tráfego internacional. O contrato hoje assinado garante cerca de 2000 postos de trabalho na Alemanha. Esta encomenda de comboios Velaro para a Alemanha vem juntar-se a outras três recebidas para Espanha, China e Rússia.

O contrato foi hoje assinado em Berlim, pelos CEO’s da Deutsche Bahn AG, Hartmut Mehdorn, e da Siemens AG, Peter Löscher. “Com esta aquisição estamos a lançar um plano económico para a indústria ferroviária na Alemanha, salvaguardando postos de trabalho, numa altura em que a economia precisa urgentemente de estímulos desta natureza”, referiu H.Mehdorn, CEO da DB.

Para a Siemens, “esta encomenda é mais um marco de extrema importância na longa parceria com a Deutsche Bahn. A confiança da DB no nosso comboio de alta velocidade Velaro dá-nos uma enorme satisfação, e vem confirmar o sucesso internacional que este comboio tem vindo a alcançar. Depois da China, Rússia e Espanha, o Velaro vai também circular como nova geração do ICE 3 no seu país natal”, referiu Peter Löscher, CEO da Siemens AG.

As novas unidades múltiplas, que irão operar sob a sigla de ICE 3, estarão equipadas de forma a assegurar o tráfego internacional de alta velocidade. Em 2010, com a liberalização do transporte ferroviário de passageiros, deixarão de existir restrições à concorrência neste mercado (tal como acontece hoje em dia dentro da Alemanha), e a DB pretende estar preparada para operar novas rotas fora da Alemanha. “O novo ICE 3 permite-nos estar preparados para concretizar esse objectivo, e acreditamos que com este comboio também poderemos ganhar quota de mercado ao transporte aéreo”, avançou o CEO da DB.

Esta versão do comboio Velaro® da Siemens tem oito carruagens individuais e capacidade para transportar até 485 passageiros e 8000 kW de potência (aproximadamente 11 mil cavalos), e irá circular a uma velocidade que poderá ir até aos 320 km/h. Os primeiros veículos deverão ser testados exaustivamente no Verão de 2011 e entrar em circulação em Dezembro desse mesmo ano. A entrega dos 15 comboios deverá estar concluída em 2012.

Tal como acontecia com a geração que precedeu esta nova plataforma Velaro, os sistemas de tracção e auxiliares encontram-se distribuídos por baixo das carruagens, ao longo de todo o comprimento do comboio, conseguindo-se assim maior eficiência energética, uma optimização do peso por eixo (que permite baixar os custos de manutenção com a via) e uma maior capacidade de transporte com elevado conforto e habitabilidade (todo o espaço fica disponível para os passageiros). A Siemens conta com uma década de experiência na implementação desta tecnologia, e continua a ser o único fabricante com comboios de tracção distribuída já em serviço comercial.

Velaro: a plataforma Siemens para Alta Velocidade

O Velaro foi integralmente desenvolvido pela Siemens, e as 15 unidades agora adquiridas irão expandir a frota ICE da DB, que contava até aqui com 250 unidades múltiplas eléctricas ICE, 67 das quais ICE 3 (de 3ª geração), já com tracção distribuída. Os comboios irão ser fabricados na fábrica da Siemens em Krefeld-Uerdingen.

Desde Fevereiro de 2008, a versão do Velaro® que circula em Espanha já percorreu mais de 10 milhões de quilómetros, ligando as cidades de Madrid e Barcelona, a uma velocidade comercial de 300 km/h. O impacto da entrada em funcionamento desta linha tem sido enorme, e conta já com 47% da quota de mercado nesta ligação, em relação ao transporte aéreo.

Contabilizando as unidades vendidas para Espanha (26), China (60) e Rússia (8), e as 15 unidades agora adquiridas pela DB, são já 109 os comboios Velaro vendidos pela Siemens, que ganha assim o quarto concurso de um total de cinco lançados para unidades múltiplas eléctricas no segmento da alta velocidade ferroviária.

O Velaro tem um consumo de energia de apenas 0.33 litros (diesel equivalente) por lugar e por 100 km, fazendo com que este comboio seja o mais eficiente do ponto de vista ambiental no mercado de alta velocidade.


Salomé Faria 

 salome.faria@siemens.com