Tools

Siemens MoçambiqueSiemens Moçambique

Site ExplorerSite Explorer
Close site explorer

Siemens assegura interligação energética entre Holanda e Dinamarca

terça-feira, 29 de março de 2016

  • A ligação permitirá integrar de forma eficiente fontes de energia renováveis

  • Interligação passará pelo Mar do Norte, sob forma de cabo submarino

  • Quota-parte da Siemens nesta encomenda ronda os 170 milhões de Euros

A Siemens recebeu uma encomenda para interligar as redes de energia elétrica da Holanda e da Dinamarca. Os clientes são, do lado dinamarquês, o operador energético Energinet, e, do lado holandês, a sua congénere TenneT TSO.

A interligação de alta tensão de corrente contínua (HVDC), que a Siemens vai desenvolver, vai aumentar a fiabilidade do fornecimento de energia nos dois países e promover a integração de fontes de energia renováveis nas duas redes de energia.

A encomenda inclui o fornecimento de duas estações de conversão de 700 megawatts (MW) para uma tensão contínua de cerca de 320 quilovolts (kV). As duas estações de conversão, uma localizada em Eemhaven na Holanda, outra em Endrup na Dinamarca, ficarão ligadas por um cabo de energia de corrente contínua (DC) de 325 quilómetros de comprimento.

A Siemens fornecerá as estações de conversão HVDC nos dois lados da linha DC, a qual passará pelo Mar do Norte sob forma de um cabo submarino. Este cabo será fornecido pela empresa italiana Prysmian, um dos principais fabricantes de cabos de todo o mundo.

"Estamos extremamente satisfeitos de fazer parte, juntamente com a Energinet, TenneT e Prysmian, deste projeto de desenvolvimento de um sistema energético europeu interligado de alta performance", afirmou Jan Mrosik, CEO da Divisão Energy Management da Siemens.

No ano fiscal de 2015, a Siemens comissionou ligações HVDC Plus com uma capacidade total de 4,9 GW por toda a Europa. E com esta nova encomenda, a Siemens irá disponibilizar outros 4,6 GW ao longo dos próximos anos, dando assim um contributo significativo para criar uma rede de energia europeia integrada.

A ligação HVDC entre a Dinamarca e a Holanda é considerada pela Comissão Europeia como um dos projetos de interesse comum para ajudar a criar um mercado integrado de energia na União Europeia.

A quota-parte da Siemens nesta encomenda ronda os 170 milhões de euros. As operações comerciais desta ligação devem começar no início de 2019.


Rita Silva 

 ritas.silva@siemens.com