Tools

Siemens MoçambiqueSiemens Moçambique

Site ExplorerSite Explorer
Close site explorer

Siemens assina acordo de cooperação com Moçambique para a área da energia

Siemens vai analisar sistema energético de Moçambique em conjunto com o Ministério

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

A Siemens assinou um acordo abrangente com o Governo moçambicano para a cooperação no sector da energia. Com base neste Memorando de Entendimento (MoU), a Siemens vai desenvolver um conceito de energia, de forma a identificar cenários que permitam melhorar a geração e distribuição de energia no país e na região. O objectivo principal é garantir um futuro energético seguro, acessível e sustentável para a República de Moçambique e fortalecer a base para uma consequente expansão da economia e do emprego.

"Este é um passo importante para o objectivo de Moçambique de melhorar o acesso da população à eletricidade. Moçambique é um país importante para a Siemens e queremos continuar a investir e a contribuir para o seu desenvolvimento a longo prazo”, afirmou Lisa Davis, membro do Conselho de Administração da Siemens AG, durante a sua visita ao país.

A Siemens tem a capacidade de fornecer uma vasta gama de soluções para as áreas da geração, transmissão e distribuição de energia, bem como redes eléctricas inteligentes. Para além disso, a Siemens também fornece assistência, através da sua divisão Financial Services (Serviços Financeiros), na identificação de potenciais fontes de financiamento nos mercados financeiros locais, regionais ou internacionais. Uma das principais áreas foco da presença da Siemens no País é o desenvolvimento de recursos humanos. Neste contexto, a empresa está interessada em explorar outras áreas de cooperação, como programas de educação e formação.

Este MoU está em linha com um acordo de cooperação bilateral entre a Alemanha e Moçambique, assinado em julho de 2015, que incentiva o investimento de empresas alemãs no País. Como parte desta cooperação, o governo alemão anunciou um programa de assistência financeira para o desenvolvimento de projectos em Moçambique, com a duração de dois anos e no valor de 128 milhões de euros. Metade deste valor será direcionado para a formação, nomeadamente para a expansão da educação técnica e vocacional. Os restantes 50% vão ser canalizados para protecção da biodiversidade, para a promoção de boas práticas de gestão financeira e para o aumento do acesso à electricidade, através da modernização e expansão da rede nacional de energia.

Siemens em Moçambique

A história da Siemens em Moçambique remonta à década de 50, e desde então a empresa tem contribuído activamente para o desenvolvimento do País, participando em projectos de infraestruturas de referência. Actualmente, a Siemens é uma parceira importante no projecto do Corredor de Nacala, que inclui a electrificação do porto de águas profundas em Nacala-a-Velha, e no sistema de sinalização para a nova linha ferroviária de 912 km, que se estende da costa de Moçambique a Moatize. A empresa está também a apoiar a obra de construção da sede do Banco de Moçambique, bem como a equipar muitas das agências desta entidade com soluções integradas de ponta na área da energia.

Na área social, tem vindo a apoiar a HELPO, uma ONG local dedicada à Educação e Acção Social desde 2008, para reconstruir e remodelar salas de aula de uma escola com cerca de 600 alunos, localizada em Matibane, na provincial de Nampula.


Hugo Modesto 

 hugo.modesto@siemens.com