Tools

Siemens MoçambiqueSiemens Moçambique

Site ExplorerSite Explorer
Close site explorer

Siemens fornece cinco turbinas a gás de grande porte para a Arábia Saudita

quarta-feira, 26 de Abril de 2017


  • Encomenda de turbinas a gás, de classe F, inclui contracto de prestação de serviços para a central de Fadhili

  • Produção local das turbinas pelo Siemens Dammam Energy Hub

  • Valor total da encomenda atinge cerca de 400 milhões de USD

A Siemens acaba de receber uma encomenda para cinco turbinas a gás, de classe F, para uma central de produção combinada de calor e electricidade (CHP) no Reino da Arábia Saudita. Com uma capacidade de produção eléctrica de cerca de 1.500 megawatts (MW), a central fornecerá cerca de 400 MW de eletricidade e vapor de processo para uma nova unidade de extracção de gás natural em Fadhili, localizada a 100 km a noroeste de Dammam, na Província Oriental do Reino. Os 1.100 MW adicionais serão suficientes para fornecer energia a 1.1 milhões de lares sauditas.

Além disso, a Siemens e a Kahrabel FZE, uma associada do Grupo ENGIE, assinaram um contrato de prestação de serviços a longo prazo, i.e. de 16 anos, para as turbinas a gás da central CHP de Fadhili. O cliente final é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), participada pela ENGIE com uma quota de 40%, e pelas Saudi Electric Company (SEC) e Saudi Aramco Power Holding Company (SAPHCO) com quotas de 30% cada. O valor total da encomenda para a Siemens atinge cerca de 400 milhões de USD.

O âmbito de fornecimento da Siemens prevê cinco turbinas a gás SGT6-5000F, cinco geradores SGen61000A, o sistema de controlo SPPA-T3000, assim como a instalação e o comissionamento no local. O contracto de prestação de serviços de longo prazo inclui os serviços de manutenção para as cinco turbinas, incluindo os avançados serviços de diagnóstico de energia da Siemens, que faz parte do portefólio dos Serviços Digitais para a Energia da empresa.

"A Siemens tem investido em soluções que ajudam os países a ter uma maior sustentabilidade na distribuição de energia e acredito que soluções como esta poderiam ser replicadas em Moçambique com muito sucesso", afirmou Rui Marques, Director geral da Siemens em Moçambique.

Devido à importância deste sector da energia para o País, Rui Marques diz estar bastante expectante em relação à 6a Edição da Conferência e Exposição de Mineração, Petróleo, Gás e Energia, que termina este 26 de abril, quarta-feira, em Maputo, onde se vão discutir as tendências do mercado para esta área.

Com conclusão prevista até ao final de 2019, o projeto Fadhili CHP irá desempenhar um papel fundamental na expansão da produção e do fornecimento de gás na Arábia Saudita para atender à crescente procura doméstica de energia.

Todas as cinco turbinas a gás serão produzidas pelo Siemens Dammam Energy Hub. Em maio de 2016, a primeira turbina a gás "fabricada na Arábia Saudita" saiu da linha de produção da SDEH. A unidade de produção tanto desenvolve como fortalece as cadeias de fornecimento locais porque aumenta o valor acrescentado local e cria empregos para jovens talentos sauditas altamente qualificados.

A Siemens produzirá as cinco turbinas a gás SGT6-5000F no Siemens Dammam Energy Hub na Arábia Saudita.

Para mais informações sobre a Power and Gas Division, visite www.siemens.com/about/power-gas Para mais informações sobre a turbina a gás SGT6-5000F, visite www.siemens.com/energy/sgt6-5000f


Rita Silva 

 ritas.silva@siemens.com